Tuesday, December 19, 2006

Amor de poeta

"O pescador tem dois amor

Um bem na terra, um bem no mar..."

O poeta tem mais de dois "amor"...

Tantos e vários...

E às vezes nenhum...

E pra cada algum, que veio

ou que se foi...

uma letra,

e um olhar,

e um beijo,

e por vezes,um grito...

Mas só entende o poeta,

quem sabe ler o ser humano

Não as palavras...

(Adriana Luz) (19/12/2006)

1 comment:

J said...

pena que as vezes os seres humanos não conseguem enteder os eles mesmos!